quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Rapariga imperfeita e rapaz perfeito

Todas as pessoas se apaixonam, pelo menos uma vez na vida. Apaixonar-se faz parte da vida. Algumas das pessoas que se apaixonaram foram correspondidas, outras não e ainda outras nunca admitiram que estavam apaixonadas por isso não sabem se foram correspondidas ou não.
Eu já me apaixonei, várias vezes. Em todas elas fui correspondida. Mas as coisas nunca resultaram muito bem. O último rapaz pelo qual me apaixonei, verdadeiramente, chama-se Gonçalo.  Eu fui correspondida por ele. Namorámos desde o dia 14 de Maio de 2010 até ao dia 28 de Dezembro de 2010, sem contar com as vezes que acabámos por causa das discussões, mas que mais tarde voltava tudo a ficar bem. Mas querem saber uma coisa? Eu ainda estou apaixonada. Tive mais um relacionamento, mas quem eu realmente adoro é o Gonçalo.
Eu não posso dizer que nós não damos certo, porque nós sempre demos. Sempre achei que as nossas discussões eram o que nos fazia gostar tanto um do outro. Por vezes, nós acabámos por discutir e depois passados cinco minutos já estamos a falar um com o outro como se nada tivesse acontecido. Sempre algum de nós dá o braço a torcer para ir falar com o outro, para ficar tudo bem.
Fiquei a saber há alguns dias que ele ainda continua a gostar de mim, assim como eu continuo a gostar dele. Ele ontem disse-me que eu podia ser a miúda perfeita e eu disse-lhe que nunca quis ser a miúda perfeita, porque sem o imperfeito nunca existiria o perfeito. E é verdade parte do que eu disse, mas eu acho que sempre quis ser a miúda perfeita para ele e eu até já o fui, mas não o sou mais. E querem saber porquê? Por erros que eu cometi no passado, por um relacionamento com um dos melhores amigos dele que eu nunca devia ter tido, mas não achem que eu o traí, pois eu seria incapaz de o trair. Eu simplesmente o magoei. Eu agora sei que não vou poder ser a miúda perfeita dele, mas ele vai ser sempre o meu rapaz perfeito, apesar de todas as vezes que ele me magoa.
E é assim que a rapariga imperfeita e o rapaz perfeito ficam. À espera que alguma coisa acabe por mudar. Talvez comecem a namorar, outra vez, ou talvez alguém comece uma nova relação com uma pessoa diferente. 


6 comentários:

  1. Obrigada Mariana pelo comentário, e o teu blog está adoravel! *.*

    Dentro de momentos estarás na secção "Check Them Out" do meu blog.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar